MONTANHAS IBÉRICAS

Neste Blog partilho com os leitores a minha paixão pelas Montanhas Ibéricas, lugares únicos, cada vez mais raros, onde a beleza das paisagens, a preservação dos ecossistemas e a utilização sustentável pelo homem se unem de uma forma harmoniosa e equilibrada.

16 julho 2008

URSO-PARDO CANTÁBRICO SEGUE EM FRANCA RECUPERAÇÃO NO NORTE DA PENÍNSULA

Publicada por Paulo Almeida Santos



O censo das fêmeas de urso-pardo cantábrico (ursus arctos) com crias do ano que decorreu durante a passada primavera nos principais maciços montanhosos do norte de Espanha, continuou a revelar a tendência de crescimento desta espécie emblemática, a qual se tem verificado nos últimos anos. Os números foram revelados recentemente pelo Director Geral da Biodiversidade do Governo Asturiano, apoiado por diversas ONG´s idóneas, que acompanham passo-a-passo os plantígrados no seu habitat natural e que têm implementado um grande número de projectos de conservação para a espécie. As estimativas avançadas indicam que o número de ursas com crias triplicou entre 1989 e 2007, o que confere um "optimismo moderado" para a conservação da espécie. Os dados avançados falam de 21 progenitoras com 39 crias, batendo todos os recordes desde os primeiros censos que tiveram lugar no início da década de 80.
Os resultados foram particularmente impressionantes para a denominada "população ocidental", com 18 ursas e 34 crias. Relembro que a população ursina da Cordilheira Cantábrica se encontra fragmentada desde há várias décadas pelo chamado corredor de Huerna, onde existe uma grande infra-estrutura viária que liga as Astúrias à Meseta. Até agora e apesar dos esforços, ainda não foi possível de forma eficaz unir as duas populações, sendo que a "população oriental", muito mais pequena e, portanto, mais sujeita aos efeitos da consanguinidade, corre sérios riscos de desaparecer a curto prazo se não houver intercâmbio genético entre as mesmas.


De qualquer forma, existem indícios objectivos que comprovam o alargamento progressivo da área de distribuição do urso. A oriente têm surgido nas últimas semanas vários relatos de observações de indivíduos em vales previamente não ocupados, nas províncias de Palência e na Cantábria. A norte foram fotografados a somente 10 km´s de Oviedo e junto à costa. A sul, surgem cada vez mais avistamentos nas montanhas próximas à cidade de Ponferrada e nos Ancares galegos, a menos de 100 km´s em linha recta do norte de Portugal...

As vertentes declivosas e fortemente arborizadas do Espaço Natural do Alto Sil albergam um dos mais importantes núcleos ursinos do Norte de Espanha

Apesar do moderado optimismo, importa realçar que o urso-pardo cantábrico ainda possui um estatuto de "perigo de extinção", pelo que o empenho das autoridades não deve esmorecer, de forma a restabelecer a estabilidade populacional deste super-predador tão singular da nossa fauna ibérica.

Vídeo mostrando as emblemáticas Paca e Tola que vivem em regime de semi-liberdade na localidade de Proaza (Vale de Trubia)

7 comentários:

Anónimo disse...

Óptima noticia!

RESSACA ® disse...

Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

Sophia disse...

Paulo,
Esperemos que este optimismo e empenho das autoridades permaneçam!
Beijinhos,
Sofia

Montanha Azul disse...

Apaixonada que sou pelas montanhas e também pelos animais, dou-te os parabéns pelas fotos fantásticas do teu blog.
Espero ler-te mais vezes :-)

Sophia disse...

Olá, Paulo!
Como não tenho o teu email, aproveito este espaço para divulgar um workshop de fotografia que te pode interessar. Como és um grande amante da Natureza, lembrei-me de te dizer que neste mês e no próximo irão decorrer, em Leiria, alguns workshops que têm como objectivo principal potenciar aos interessados pela fotografia da Natureza aprendizagens e técnicas preciosas. De realçar ainda a presença de Frans Lanting, um dos fotógrafos mais aclamados do mundo, que nos surpreendeu já com magníficas fotografias na capa da revista "National Geographic".
Se quiseres saber mais sobre o assunto ou até inscreveres-te consulta o link http://festival.fotonaturis.org/index.php?categoryid=34
Não sei se te interessa, peço desculpa, mas como sei do teu gosto e prazer enorme em estares num clima de harmonia com a Natureza, quis deixar a sugestão.
Beijinhos,
Prima Sofia

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.